A simple act of caring creates a endless ripple!

11949520_10153277067157763_7894501580205861210_n

Um dia acordei e esta foto estava a ser partilhada por várias pessoas no Facebook. O intuito era fazê-la chegar a este casal e aos seus familiares. Este casal é o meu avô e a sua esposa! ♥ Agradeço o facto de ainda existir pessoas com a capacidade de captar detalhes únicos… Obrigado @pixologyphotography por eternizares um momento tão bonito entre eles enquanto tinhas o teu momento de amor ao nascer do sol! É por partilhas destas que vale a pena continuar a acreditar no ser humano e no bem mundial!

Anúncios

Realidade.

10428530_901911429879289_2725418499829408928_n

Mesmo sendo apologista e defensora do apoio e ajuda ao ser humano em risco, não fecho os olhos aos países de origem dos refugiados e outros vizinhos, que são poderosos, são riquíssimos e são os primeiros a evitar qualquer apoio, exigindo que a Europa abra as portas livremente. Mesmo sendo contra a negação de ajuda, não deixo de recear o futuro. Ninguém me tira da ideia que Estado Islâmico e afins estão a aproveitar esta jogada para tentar invadir a Europa e espalhar o terror, o medo e a morte. Mas como dizia Henrique Burnay Um Homem a morrer afogado é um Homem, e primeiro salvam-se vidas, depois trata-se do resto.Foquemo-nos no importante. O futuro a Deus pertence. Resta apontar para a fé e remar.

O Naufrágio da Humanidade!

O drama dos refugiados, das guerras de poder, da miséria deste mundo e de actos bárbaros que atentam contra a dignidade humana são, infelizmente, uma constante nos dias que correm. A forma sistemática como são noticiados deixa-nos cada vez mais apáticos, sem reacção. Vamos fazendo olhos cegos e ouvidos moucos pois é algo que se passa longe de nós, até ao dia em que surge algo, neste caso uma imagem, que vem tornar mais real, mais presente, as consequências da ganância desmedida. O mundo vive obcecado com o poder do dinheiro, desumanizando-se um pouco mais a cada dia que passa. O ser humano, os seus direitos, os seus valores, a sua dignidade já não são o mais importante. Vive-se a ilusão do poder que o dinheiro dá e esquece-se o propósito maior do viver em comunidade: a humanização, as relações, a vida no seu propósito maior. Entristece-me e revolta-me as desigualdades do tamanho de vales. Lamento a abertura de olhos somente perante a morte. Odeio a preocupação fingida de quem só se mexe quando há burburinho público. Falo do ponto de vista de quem defende a solidariedade como valor maior do ser humano. Falo de quem defende a igualdade de oportunidades e que tenta, o mais que pode, trabalhar para isso. Falo, com o coração em sobressalto, por não saber se um futuro como o daquelas pessoas, normais como qualquer um de nós, possa um dia vir a ser o meu. Deixem-se de políticas de merda e tracem estratégias reais e efectivas. Malditos bens materiais, necessidade de poder e ilusão monetária que tolhe e emburrece a mente mais digna. Sejamos corajosos ao ponto de deixar de parte a revolta inerte que parte de um sofá, numa rede social qualquer e possamos optar por nos levantar e ajudar. Sim, porque não é um problema deles, é um problema humanitário! E falo dos refugiados como falo dos sem abrigo, da fome mundial, das guerras, da violação dos direitos do homem no geral. Há associações sedentas de ajuda para que a diferença possa ser feita, para que a luta por um mundo melhor seja uma realidade, porque já não se trata de altruísmo mas de uma necessidade urgente de fazer algo! Que este abre olhos nos acabe com a inércia. Cada um de nós pode ajudar a fazer a diferença, garanto! Se eu consigo mudar vidas, torná-las melhores nem que seja por momentos, doando tempo, ouvindo, dedicando-me à humanidade única de cada ser e à sua história particular, qualquer um de vós também consegue! Os milagres acontecem e o mundo pode ser melhor… basta existir uma maior predisposição para valorizar o essencial!

11954589_875132599245753_6356542457412754333_n

Que no teu novo mundo possas viver o sonho de uma sociedade justa pequeno Aylan. Descansa em paz!

O que eu gosto de um bom artista!

Som-de-Cristal-797x350Bruno Nogueira estreou na Sic, no passado domingo, o seu novo programa televisivo. Depois do sucesso alcançado com o irreverente, delicioso e surreal espetáculo Deixem o Pimba em Paz, trouxe até nós todos os detalhes dos bastidores de grandes estrelas pimba do nosso Portugal. O que o destaca de qualquer outro humorista é a delicadeza, a inteligência e o sentido de oportunidade. Conseguiu, através do seu humor típico, expor artistas que tantas vezes são alvo fácil de humilhação e gozo por adoptarem este estilo peculiar e tradicional. Consegue, de forma respeitosa, brincar com os seus convidados, mandar as achegas que tem que mandar, criticar o que for preciso. Chegou ao mundo deles, foi conhecê-lo e deixou-se encantar. E é com o máximo respeito que dá continuidade ao apelo Deixem o Pimba em Paz, porque sabe e sente que por detrás de um estilo amado por uns, odiado por outros, estão pessoas como qualquer um de nós, como uma história de vida para contar, com experiência para dar e vender. E é uma delícia de programa. Não cansa, dada a constante mudança de cenário incutida, a conversa é intercalada com momentos do dia a dia dos artistas e há humor, muito humor, que provém do simples diálogo e interacção que sucede. É bom demais e dotado de uma leveza que bate muito bem com este fim de Verão. Som de Cristal, aos domingos, na Sic. Aconselho!

fac2